domingo, 22 de abril de 2018

Praça da Figueira

São 09.23h e já se sente o movimento e o barulho a aumentar por aqui! Lisboetas a apressarem os passos para o trabalho, turistas a puxarem as malas de viagem pela calçada (perdidos com o mapa na mão), máquinas a trabalharem (há obras por todo o lado), táxis e autocarros a apitarem aos tuk-tuks...


Enquanto acontece a Feira dos Enchidos aqui ao lado, está a decorrer obras atrás de mim! Estão a restaurar mais um edifício. Para os turistas e não para os locais! O que é uma pena...
Em outros tempos, esta praça foi o sítio do Hospital de Todos-os-Santos, que com a destruição do terramoto de 1755 deixou de existir. Foi um mercado central, onde se podia comprar e vender o que se quisesse. Actualmente a praça serve de ponto de encontro, de descanso ou apenas para apreciar o castelo.


Quando era pequena, de vez em quando vinha para Lisboa com os meus pais. Aqui se encontravam com os amigos para saber de notícias da "terra". Enquanto eles conversavam, eu e os meus irmãos dávamos arroz aos pombos. Não tínhamos muitas preocupações nessa altura...

Sem comentários:

Enviar um comentário